Quer patrocinar uma exposição por meio da Lei Roaunet?

O Projeto Natureza em Festa conta com o incentivo federal da lei Rouanet e com o incentivo estadual do Proac.

O que é o projeto Natureza em Festa?

O prazo para destinação de recursos por meio do IR vai até o dia 30/04/2020.

Entre em contato com a  gente para saber mais sobre essa oportunidade!

Um projeto fotográfico que une as imagens de natureza e vida selvagem de João Marcos Rosa e as fotos das festas populares brasileiras de Andrea Goldschmidt com o objetivo de mostrar a incrível relação visual que existe entre o que as pessoas veem em seu entorno e o que elas criam em suas festas populares.

 

Um projeto que mostra as diferenças e a identidade típica de cada uma das regiões do Brasil.

A quem se destina?
  • A crianças e jovens de todo o Brasil.

 

  • A professores de ensino fundamental e médio que queiram desenvolver atividades diferentes que usem a arte como base para a discussão de vários assuntos relevantes e atuais.

De que é composto?
  • Uma exposição fotográfica dom 36 imagens acompanhada de textos explicativos sobre os biomas e sobre as festas populares que ilustram

  • Um livro com imagens conteúdos complementares

​​

  • Uma plataforma multimídia com informaçoes complementares e espaços para trocas de informações entre docentes

​​

  • Palestras explicativas e motivacionais

Quais são as principais contrapartidas para os patrocinadores?
  • Exposição de sua marca para um público bastante direcionado

  • Possibilidade de desenvolver ações de relacionamento junto a esse público

  • Exemplares do livro para distribuição a seus clientes

  • Montagem de uma exposição em local de sua preferência

  • Palestra com os artistas para público de sua escolha

Perguntas frequentes sobre a Lei Rouanet

O que é a Lei Rouanet?


A lei Rouanet é um mecanismo de incentivo fiscal, por meio do qual pessoas físicas e empresas podem apoiar projetos culturais de exibição, utilização e circulação públicas, usando os valores que teriam a pagar de imposto de renda. Isso quer dizer que (até os limites de valor estabelecidos pela lei) quem de fato paga pelos projetos é o governo (ao abrir mão do imposto que teria direito de receber), mas você tem o direito de escolher em que tipo de atividade gostaria de ver esse valor investido.




Será que eu posso utlizar esse benefício fiscal?


As regras da lei Rouanet são bastante simples nesse sentido. Quem pode destinar recursos para projetos usando esse incentivo fiscal são: - Pessoas jurídicas que apuram lucro pelo sistema de lucro real - Pessoas físicas que fazem a declarcação de IR pelo modelo completo Se você se encaixa em uma dessas duas categorias, já pode começar a escolher o projeto que gostaria de apoiar. E você pode até usar ambos os limites, fazendo a destinação do imposto da sua empresa e também o seu pessoal já que os mecanismos são separados e independentes. Agora, se você não se encaixa nesses critérios, você não poderá abater os valores do seu imposto de renda a pagar e o seu apoio se transformaria numa doação simples.




Qual valor posso destinar para projetos culturais?


Pessoas jurídicas podem destinar até 4% do imposto devido no ano. Pessoas físicas podem destinar até 6% do imposto devido no ano. A única forma de saber precisamente esse valor é fazendo a declaração de IR, quando você vai saber exatamente quais foram as suas receitas, despesas e, consequentemente, qual o valor do IR devido no ano. Só que, no caso das pessoas físicas, isso às vezes é um problema, porque só fazemos a declaração de ajuste em abril do ano seguintes, mas a destinação dos recursos deve ser feita até dezembro do ano corrente... Se as suas receitas e despesas não tiverem mudado muito, uma boa dica pode ser fazer uma estimativa com base na sua declaração do ano passado, deixando uma folga para eventuais diferenças. No caso das pessoas jurídicas, essa conta costuma ser simples, já que a contabilidade da empresa provavelmente vem fazendo os cálculos do imposto devido mensalmente.




Quantos projetos culturais eu posso apoiar?


Quantos você quiser, desde que respeitados os limites legais




O que acontece se eu destinar mais do que podia?


O que a lei estabelece é o limite de desconto que você poderá fazer no seu IR a pagar. Se você acabar destinando um valor maior do que esse limite, a diferença não poderá ser abatida e, portanto, será uma doação feita por você a esses projetos e não uma destinação de uma verba governamental. Não tem problema nenhum, mas gera um desembolso real para você ou a sua empresa.




Como escolho os projetos que vou apoiar?


Todos os projetos culturais incentivados já foram previamente avaliados e aprovados por uma comissão do Ministério da Cultura que checa se, de fato, eles atendem a alguns requisitos mínimos de interesse público. Sendo assim, entre os projetos já aprovados pelo MinC você pode escolher baseando-se apenas nos seus interesses pessoais ou empresariais. No caso de empresas é sempre bacana pensar nas relações que você poderá estabelecer com os públicos beneficiados, com seus funcionários e/ou com clientes a partir desse projeto.




Por que apoiar o Natureza em Festa?


O Natureza em Festa é um projeto super consistente, que possibilita uma gama gigantesca de desdobramentos e ajuda professores de escolas públicas a trabalharem com vários temas muito atuais e de grande relevância como preservação ambiental, patrimônio cultural, identidade, diversidade e orgulho de ser brasileiro. Também permite que sejam desenvolvidos conteúdos para diversas disciplinas curiculares diferentes como história, geografia, lingua portuguesa, educação física e artes. Além de disponibilizarmos as imagens que podem ser a base desses trabalhos acadêmicos, o projeto visa criar uma plataforma digital, por meio da qual os professores poderão trocar ideias de atividades, ampliando o potencial de aplicação desses conteúdos e, ao mesmo tempo, funcionando como uma ferramenta da reconhecimento para aqueles que mais se empenharem em disseminar os conteúdos de forma inovadora e criativa.





São Paulo - Brasil