Natureza em Festa

November 5, 2017

Durante uma expedição pela Amazônia em 2016, o fotógrafo João Marcos Rosa me propôs que tentássemos juntar as nossas imagens fazendo duplas (dipticos) que mostrassem a enorme semelhança que víamos nas minhas imagens das festas e nas imagens dele de natureza. "Já pensou se fosse possível, em um único projeto, falar de 2 das coisas que tornam o Brasil um país tão único como a sua natureza exuberante e a impressionante variedade de festas populares que acontecem de norte a sul, durante todo o ano?"

 

Logo nas primeiras tentativas, ficamos surpresos como essa semelhança era ainda mais impressionante do que nós mesmos havíamos pensado!

 

 

Conforme íamos mexendo com as nossas fotos, fomos percebendo o quanto a festa do Boi Bumbá, em Parintins (AM) é exuberante, colorida e variada como a Amazônia. O quanto a festa do Padre Cícero, em Juazeiro do Norte (CE) é bege como a caatinga onde ela acontece. E isso ia se repetindo em todos os biomas brasileiros: as cores, texturas e características das fantasias usadas pelos brincantes nas festas em cada região parecem ser incrivelmente influenciadas pelo que as pessoas veem à sua volta! 

 

Ficamos encantados!

 

E assim nasceu o Natureza em Festa!

 

 

Selecionadas as duplas de imagens, começamos a pensar sobre o que poderíamos fazer com esse material e a primeira ideia que nos encantou foi que ele pudesse ser usado com cunho cultural e educativo: que a nossa arte pudesse ajudar a falar sobre algumas importantes características regionais desse país imenso para crianças e jovens que dificilmente poderiam conhece-los in loco.

 

Começamos a discutir que tipo de conteúdos didáticos poderiam derivar de uma exposição dessas imagens: geografia, história, língua portuguesa, artes... foram tantas as ideias que fomos listando em poucos minutos que a empolgação foi ficando cada vez maior.

 

Logo começamos a perceber que, juntas, as imagens ganhavam ainda mais força e novos significados e que poderiam ser usadas para trabalhar algumas questões comportamentais também muito relevantes como a valorização da diversidade, o senso de pertencimento, as questões de identidade e o orgulho de ser brasileiro.

 

Definitivamente esse deveria ser um projeto para ser levado para as escolas e para as crianças e jovens de todo o Brasil!

Uma exposição fotográfica foi a primeira ideia! Um livro ilustrado com textos explicativos poderia ser um complemento maravilhoso! E palestras! Pra gente poder falar das nossas experiências em campo, pra podermos contar tantas histórias curiosas que fomos colecionando ao longo de tantos anos de trabalho viajando pelo Brasil!

 

Na nossa primeira conversa com um grupo de educadores, surgiu mais uma ideia super bacana: criar um site por meio do qual os educadores pudessem compartilhar ideias de como usar o material em sala de aula, com dinâmicas detalhadas de forma que se torne mais fácil para outros educadores replicar as experiências bem sucedidas! E que, ao mesmo tempo, pode se transformar em uma ferramenta de valorização dos profissionais que mais se envolverem com a proposta.

 

A secretaria de Educação do Município de São Paulo já manifestou interesse em sediar o projeto piloto, por meio das 46 unidades de seus Centros Educacionais Unificados (CEU) envolvendo seus mais de 100.000 alunos e 3.000 professores no que será a primeira etapa desse projeto.

 

O pontapé inicial foi dado no final do outubro, em uma palestra com a participação de representantes dessas 46 escolas.

 

Agora, entramos em uma fase de captação de recursos para viabilizar a implantação completa das ações com as quais sonhamos!

 

Se você quiser ser nosso parceiro e ajudar a tornar esse sonho realidade, entre em contato com a gente! São várias as oportunidades de parcerias, de patrocínio direto ou via leis de incentivo (Rouanet e ProAc ICMS).

 

Juntos, vamos poder levar esse conteúdo para muito mais gente!

 

Saiba mais!

 

Clique aqui para baixar o projeto completo!

 

Clique aqui para saber mais sobre patrocínios usando os incentivos fiscais da Lei Rouanet e doProAc/ICMS

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts relacionados
Posts Em Destaque