Ensaio "Oktoberfest: festa da cultura alemã em território brasileiro"

 

No dia 12 de outubro de 1810 o rei Ludwig I da Bavária fez uma festa de casamento que envolveu, como toda festa de casamento, dança, música, cerveja e alegria. A população da cidade foi convidada a participar deste momento e, nos anos seguintes, ele repetiu a festa, como comemoração de seu aniversário de casamento.

Ninguém mais se lembra desta origem, mas como a tradição de dançar e beber cerveja ao som de tradicionais músicas alemãs é garantia de muita alegria, a festa “pegou”.

Em Blumenau, cidade brasileira com forte colonização alemã, a festa existe desde 1983 e surgiu como uma reação a uma catástrofe, com o objetivo de arrecadar recursos para amenizar os impactos das graves enchentes daquele ano.

O uso de trajes típicos da Bavária é opcional, claro, mas quem estiver fantasiado não paga entrada na Vila Germânia. A tradição de beber chope é exatamente igual e a música e as danças apresentadas por grupos folclóricos ajudam a dar o clima alemão para a festa.

Uma coisa que a festa brasileira e a alemã têm em comum é o fato de que um copo vazio de cerveja não representa o fim da festa, mas a chance de começar a beber de novo...

São Paulo - Brasil