top of page

Do lado de dentro - na festa popular brasileira

Dos encantos e movimentos do Maracatu em Pernambuco aos sorrisos e trajes que movimentam a Oktoberfest em Santa Catarina. Nos últimos dez anos, a fotógrafa Andrea Goldschmidt mergulhou nas entranhas de mais de 40 festas populares brasileiras, não apenas para registrá-las, cada qual com sua exuberância, mas também para mostrar que estas celebrações carregam algo além do exótico e exclusivo. Ela revela sensações e emoções que pulsam dentro e ao redor das pessoas que fomentam as tradições culturais.


O passeio feito por 14 estados compõe Do lado de dentro, um coffee table book para celebrar a diversidade do Brasil e a capacidade do seu povo enxergar o “diferente” dentro de si mesmo. Andrea destaca que, por mais diversas que sejam as festas, elas são compostas pelos mesmos objetivos: a busca por um sentido de comunidade e pertencimento, por meio da alegria, fé e união.


A obra é organizada em nove capítulos, em que a autora traz palavras-chave e seus sinônimos para representar a essência das festividades. Entre eles estão a Alegria, com um compilado de belos sorrisos e movimentos de danças nos Ternos de Reis de Salvador (BA), no Çairé, em Alter do Chão (PA) e dos mascarados de Poconé (MT) mas também o Medo, com as intimidantes imagens da Procissão do Fogaréu, em Goiás Velho (GO), assim como os ex-votos da Romaria de Finados, em Juazeiro do Norte (CE).


A exuberância, imponência, abundância, introspecção, mistério, devoção e afeto também marcam os capítulos do livro, com mais de 200 fotografias e legendas que identificam cada festa registrada. Junto delas, a autora estampa pequenos textos poéticos em busca de explicitar vivências e emoções sentidas.


Saio para a rua com meus melhores amigos! Falo mais alto do que os bons costumes recomendam. Tento tocar as gargalhadas de um desconhecido. Sinto o cheiro da euforia de um novo amor. Registro as batidas do meu coração. Tomo água pra me hidratar. (Do lado de dentro, pág. 30)


O prefácio do fotógrafo, curador e crítico Juan Esteves destaca o olhar sensível da autora, que contribui com a preservação da memória da cultura popular. Mais do que isso, enaltece a iniciativa de Andrea Goldschmidt, que se dedica, há dez anos, a fotografar as belezas culturais e naturais do Brasil. “Meu objetivo é compartilhar a capacidade incomparável do povo brasileiro de unir esforços para produzir festas, músicas e poesias para os olhos e para a alma", expressa a autora.


FICHA TÉCNICA

Título: Do lado de dentro: na festa popular brasileira Autor: Andrea Goldschmidt Editora: Afluente ISBN: 978-65-85724-00-5 Páginas: 244 Formato: 28 x 21 cm Preço: R$ 250 Onde comprar: Loja do site



Foto do livro aberto em uma página do capítulo abundância. Na página da esquerda, uma imagem da torcida do boi Garantido de Parintins, com muitas pessoas aglomeradas com roupas nas cores vermelho e branco. Na página da direita, muito nomes escritos com canetas coloridas sobre uma parede branca, da Romaria de Finados de Juazeiro do Norte.
Abundância

Foto do livro aberto em uma página do capítulo imponência. Na página da esquerda, duas fotos verticais estão impressas lado a lado. A da esquerda mostra a mão de um senhor negro segurando o símbolo do Divino Espírito santo na Festa do Divino de São Luiz do Paraitinga. A da direita mostra as costas de uma pessoa indígena que está enfeitada com um colar de contas coloridas. Na página da direita vê-se uma foto de um destaque do Carnaval das Escolas de Samba de São Paulo com um costeiro cheio de plumas em tons de marrom e roxo.
Imponência

Foto do livro aberto em uma página do capítulo medo. Na página da esquerda, uma imagem  mostra tochas de querosene acessas em frente a um casarão antigo na procissão dos penitentes em Goiás Velho.  Na página da direita, pequenas cabeças esculpidas em madeira penduradas próximas a uma parede branca, na sala dos ex-votos, da Romaria de Finados de Juazeiro do Norte.
Medo

Foto do livro aberto em uma página do capítulo introspecção. Na página da esquerda, um indígena Pankararu com o corpo recoberto de palhas, caminhando numa trilha de terra batida no meio da caatinga  durante a Romaria de Finados de Juazeiro do Norte. Na página da direita, duas fotos verticais dividem o espaço. A da esquerda mostra um homem de roupas brancas tocando viola, durante uma roda da Dança de São Gonçalo. A foto da direita mostra uma asa de anjo cheia de penas brancas e com um laço amarelo claro repousada em um canto de uma sala escura, antes de ser vestida por um participante da Procissão da Semana Santa em Ouro Preto.
Instrospecção

Foto do livro aberto em uma página do capítulo exuberância. Na página da esquerda, duas fotografias verticais dividem o espaço: a da esquerda mostra dois chapeus de palha enfeitados com uma fita azul e flores secas coloridas, durante a apresentação das Pastorinhas em Pirenópolis. A da direita mostra duas cuias pintadas com o símbolo do Çairé, uma amarela, em primeiro plano e uma azul, mais atrás. Na página da direita, um bordado cheio de pequenas missangas coloridas reproduz Jesus, Maria e José na Festa do Bumba meu Boi de São Luiz.
Exuberância

Foto do livro aberto em uma página do capítulo devoção. Na página da esquerda, duas foitos verticais dividem o espaço. A da esquerda mostra as mãos de duas mulheres acendendo um incenso verde com o fogo de uma vela sobre uma mesa. A da direita mostra as costas de um menino negro que está sentado no chão, sem camisa e com um chapéu de palha sobre a cabeça. Ele usa um colar de contas marrons que tem, na extremidade, um pequeno crucifixo. Na página da direita, duas fotos verticais dividem o espaço. A da esquerda mostra uma mulher segurando um quadro com a imagem de São João. A da direita mostra um altar em uma igreja de tijolos (sem acabamento) com uma santa de vestido azul claro. laço amarelo claro repousada em um canto de uma sala escura, antes de ser vestida por um participante da Procissão da Semana Santa em Ouro Preto.
Devoção

Foto do livro aberto em uma página do capítulo afeto. Na página da esquerda, duas imagens verticais dividem o espaço. A da esquerda mostra uma família com 2 mulheres e duas crianças. As crianças estão vestidas de anjos e as mulheres estão terminando de arrumar o vestido de uma delas. Na foto da direita, um senhor indígena está deitado numa rede laranja e sorri para o seu neto que está em pé, sem roupa, apoiado na rede. Na página da direita, duas meninas estão de mãos dadas. Elas usam vestidos laranja cheios de lantejoulas do Maracatu de Baque Soltoa da Dança de São Gonçalo. A foto da direita mostra uma asa de anjo cheia de penas brancas e com um laço amarelo claro repousada em um canto de uma sala escura, antes de ser vestida por um participante da Procissão da Semana Santa em Ouro Preto.
Afeto

Alegria

Mistério


37 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment


Gustavo Arbex
Gustavo Arbex
Nov 21, 2023

Das poucas fotos que vi achei sensacional. Parabéns pelo trabalho.

Like
bottom of page