Ensaio "Tooro Nagashi: reverência aos antepassados na cultura japonesa"

 

Pontinhos de luz iluminam fracamente as águas dos rios. Ao observar mais atentamente, nota-se que estão se afastando vagarosamente, seguindo o fluxo da água. É a correnteza quem decide com que velocidade aquelas luzes irão desaparecer de vez.

As delicadas lanternas de papel que iluminam as águas do rio são homenagens feitas aos antepassados, com quem os japoneses guardam uma relação muito forte de dívida e gratidão, que permanece inclusive após a morte.

Elas levam os nomes dos homenageados escritos e outros desenhos e figuras alegres. São o símbolo da aceitação da sua partida e o desejo de que encontrem um caminho iluminado.

Em silêncio, as pessoas que levaram as lanternas até a água observam seu afastamento. Com serenidade, aceitam que a luz vá embora.

 

São Paulo - Brasil