• Andrea Goldschmidt

15 curiosidades sobre o Boi Bumbá de Parintins

Atualizado: Jun 7

1. O município de Parintins está localizado no Estado do Amazonas a 370km de Manaus e ocupa várias pequenas ilhas fluviais que ocupam aproximadamente 6 mil km² e é lá, no meio da floresta Amazônica, que acontece, todos os anos, esse espetáculo digno da Broadway.


2. Parintins tem cerca de 115.000 habitantes e, nos dias do Festival, a cidade recebe mais 50.000 turistas: 40% da sua população fixa!


3. Duas agremiações rivais – Caprichoso e Garantido – dividem os corações dos moradores. A disputa entre os bois é tão grande que os torcedores de um não pronunciam o nome do outro. Quando alguém quer falar sobre o boi adversário, diz apenas “o contrário” no lugar do nome.


4. Metade da cidade é azul, metade é vermelha – literalmente! As sedes dos bois ficam cada uma de um lado da cidade e, bem no centro, fica o Bumbódromo, uma arena com capacidade para 35.000 pessoas, onde acontecem as apresentações.


5. O comércio local tenta se adaptar para atender da melhor maneira os torcedores de cada agremiação, sendo assim, para todas as coisas que se possa pensar há a versão branca com coração vermelho, do Garantido, e a versão preta com a estrela azul, do Caprichoso. Até o Banco Bradesco tem a fachada pintada meio a meio, vermelho e azul: o povo do Marketing deve ficar louco!

Logo do Bradesco em versões azul e vermelha, especial de Parintins

6. Durante 3 noites consecutivas, no final do mês de junho, os bois se “enfrentam” no Bumbódromo. Cada um deles faz 3 apresentações de cerca de 2:30h! Nenhuma roupa se repete, nenhuma performance se repete, nenhum carro alegórico é usado 2 vezes. Isso significa que cada uma das agremiações tem que estar preparada para 7 horas e meia de apresentações diferentes a cada ano! E eles não apresentam nada simplesinho não: é tudo luxuosíssimo e elaboradíssimo.

Cena do boi Garantido durante apresentação no Bumbódromo de Parintins

7. Cerca de 4.000 integrantes do boi Garantido e 4.000 do boi Caprichoso fazem suas apresentações e defendem o título de campeão a cada ano.


8. A população da cidade pode participar ainda como membros da “galera”. Uma área bastante significativa do Bumbódromo (cerca de 8.000 lugares de cada lado) é reservada gratuitamente para esse grupo. A galera não é só uma plateia, ela tem um papel importante de animação dos bois, além da função de apresentar performances de dança, sendo um dos itens avaliados todos os dias pelos jurados.


9. Para assistir às apresentações na Galera, os “candidatos” devem chegar bem cedo ao Bumbódromo e formar uma fila. Geralmente a fila para participar na “galera” começa a ser formada de manhã, apesar de que as apresentações só começam às 21 horas. E se 12 horas na fila para entrar no Bumbódromo não parecer sacrifício suficiente, vale lembrar que o sol durante o dia não dá trégua e a temperatura fica sempre acima dos 30ºC! A galera não arreda o pé! Sem água, sem comida, sem poder ir ao banheiro, sem ter lugar para sentar a não ser no chão, mas com um bom humor e uma animação invejáveis!




10. O vencedor do festival é o boi que apresentar a melhor somatória de notas dos 21 itens avaliados. Cada agremiação deve apresentar todos estes itens nas 3 noites da festa, recebendo, portanto, 63 notas de cada jurado. São 3 jurados e, portanto, 189 notas diferentes no final do 3º dia da festa!


11. Os jurados são estudiosos da arte, da cultura e do folclore brasileiro e são sorteados na véspera do Festival para evitar riscos e influências. Todos vêm de Estados que façam parte de outras regiões do país, que não a Região Norte.


12. Até o ano de 2019, o boi Garantido venceu 32 edições do Festival e o boi Caprichoso 23.


13. Em 1982, um terceiro boi, o Campineiro, foi o vice-campeão do Festival. Hoje ele só se apresenta pelas ruas da cidade, sem participar da disputa no Bumbódromo.


14. Dizem que os jurados do festival de Parintins usam canetas da cor verde para fazer suas anotações. Dessa forma, não há influência no resultado por causa das cores. Mas isso pode ser uma lenda...

15. As baterias de cada boi foram batizadas de maneira diferente: a do Caprichoso se chama Marujada e a do Garantido se chama Batucada!


Para SABER MAIS sobre o Boi Bumbá de Parintins clique aqui.

#AndreaGoldschmidt #Fotografia #Cultura #Festapopular #Parintins #BoiBumbá #Caprichoso #Garantido #Norte #Amazonas #Folclore #Junho #Festabrasileira #FestadoBoi #FestasPopulares #FestasJuninas

446 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo