top of page

Curiosidades sobre o Bumba Meu Boi do Maranhão

A tradicional festa do Bumba Meu Boi se espalhou por quase todas as cidades do interior do Maranhão e, com o tempo, cada localidade começou a fazer algumas adaptações na forma de brincar, criando os 5 “sotaques” diferentes que existem atualmente.

Os sotaques são caracterizados por variações de personagens, instrumentos e ritmos e acabaram sendo conhecidos tanto pelos nomes dos instrumentos mais usados, como pelos nomes das regiões onde são predominantes.


Os sotaques mais conhecidos são:

  • de Zabumba ou Guimarães,

  • de Matraca ou da Ilha,

  • da Baixada (ou Pindaré),

  • de Orquestra, e

  • Cururupu ou de costa de mão.

Independentemente do sotaque mais comum em cada localidade, o que está por trás da criação dos grupos de bumba meu boi é uma grande devoção da população maranhense aos santos juninos, especialmente São João e São Pedro, para quem são feitas promessas.


A formação de um grupo de boi é, geralmente, a forma de agradecer pela graça alcançada.



O boi geralmente é batizado no dia 23 de junho, véspera de São João. As brincadeiras se estendem por todo o período das festas juninas, passando pelo dia de São Pedro (29 de junho) e se encerrando, geralmente, no dia 30 de junho, dia de São Marçal.

A riqueza das fantasias reflete a dedicação dos brincantes que passam o ano todo bordando as roupas de veludo preto com canutilhos e miçangas minúsculas, que formam desenhos realmente impressionantes.







851 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page